Como Preparar e Montar uma Grelha de Cristais



Para que serve uma grelha?

As grelhas proporcionam inúmeros benefícios.

Podem criar abundância, proteger um espaço e neutralizar toxicidades. Podem atrair o amor para a vida ou enviar uma intenção de perdão e de cura. Podem ser construídas para promover a paz mundial, para curar uma floresta ou as consequências de um desastre natural.

Estabilizam e limpam as energias e são muito apreciadas pelos seus efeitos benéficos no campo energético humano.

Desbloqueiam, reequilibram e alinham os chakras e a aura, dispersando desconfortos e criando bem-estar.

Podem ser usadas para relaxamento, limpeza emocional, apoio ou cura profunda. Podem também ser usadas para objectivos mais específicos como o alívio de dores de cabeça, combater insónias, ou para proteger contra os efeitos nocivos dos campos electromagnéticos.

Podem ser construídas e desmontadas ao fim de poucos minutos ou para as situações mais específicas deverão ser deixadas no mesmo local durante um período mais longo e neste caso, os cristais deverão ser limpos regularmente.


Intenção é tudo

Ter uma intenção clara do que pretende da sua grelha é aquilo que potencia e activa os cristais e a grelha.

Depois de activada, deverá deixar a grelha actuar sem interferências, mas isso não significa esquecer-se dela. Deverá manter-se consciente do modo como a sua intenção está a progredir ao longo do tempo, sem se focar nela nem a projectar para o futuro.

Mantenha-se simplesmente consciente da sua intenção e confie no que a sua intuição lhe dirá. Saberá quando deverá limpar a sua grelha ou substituir cristais para revitalizar e restabelecer a sua grelha ou ainda modificá-la para se adaptar às alterações que entretanto já aconteceram.

Criar grelhas ajuda muito no desenvolvimento da intuição - a visão interior que simplesmente sabe. Quanto mais confiar na sua intuição ao escolher ou usar cristais mais forte a intuição se tornará.

No trabalho com cristais, siga sempre o seu coração e a sua intuição, não a cabeça, ou o que lê ou o que lhe afirmam. Não quer dizer que as outras pessoas estejam certas ou erradas, apenas que cada pessoa tem experiências com cristais muito claras e verdadeiras, mas o mesmo cristal pode trazer-lhe a si experiências diferentes.

Escolher o modelo

Existem vários modelos diferentes de bases de grelhas, não só em forma como em símbolos.

Há bases gravadas, desenhadas, esculpidas, bordadas, construídas em diversos materiais, como panos, madeiras, cortiça, vidro, etc. Escolha com a sua intuição mas rejeite os materiais que não são naturais como os plásticos que não conduzem energia).

Há grelhas simples e outras complexas, mas o mais importante é que escolha uma grelha que ressoe consigo, independentemente se está ou não familiarizado com ela. Se lhe for apelativa, avance e não hesite em alterá-la ou expandi-la se sentir essa necessidade.


Alguns exemplos de grelhas básicas:

Vesica Piscis - criação e manifestação

Lemniscata - enraizamento e unificação

Triângulo - tranquilidade, protecção e manifestação

Pentagrama - abundância e atracção

Hexagrama ou Estrela de David - protecção e limpeza

Quadrado - equilíbrio e consolidação

Ziguezague - limpeza do ambiente

Espiral - gestão de energia em vórtice

Raio de Sol - energização e revitalização




Alguns exemplos de grelhas avançadas:

Flor da Vida - a base da criação

Árvore da Vida - a natureza do Divino

Cubo de Metatron - o mapa do multiverso

Merkabah - o veículo de luz

Merkabah Dupla - a iluminadora

Hexagrama Infinito - o universo em expansão

Espiral de Vários Braços - consciência cósmica

Triskelion - os ciclos da vida

Tetraedro - o olho que tudo vê

Labirinto - o Eu interior

Antahkarana - conexão com o Eu superior




Onde e o que colocar numa grelha?

Pode colocar a grelha num ambiente interior como uma divisão da casa, no escritório ou ao ar livre. Pode criar uma grelha em torno de um edifício ou em torno do seu corpo. Pode colocar sobre uma superfície ou enterrar (neste caso, deixe um dos cristais acima do solo para receber os raios de sol).

Pode utilizar cristais que são fundamentais no trabalho das grelhas, mas pode complementar com folhas, flores e ervas naturais, símbolos, penas, fotografias (se o propósito for por exemplo o processo de cura de uma pessoa ou de um local), um mapa (excelente para a cura da Terra), etc.

Escolha dos Cristais

Os nossos kit's (veja aqui) são escolhidos para montar uma grelha com uma determinada energia, mas não tem que sentir que é um limite. Pode perfeitamente utilizar os cristais da sua própria colecção que considere apropriados e que ressoem com a sua intenção.

Encontrar a combinação certa de cristais para montar uma grelha é a chave para aceder ao poder dos cristais.


Lembre-se que um cristal grande e mais vistoso não é necessariamente melhor, sobretudo no que toca à montagem de uma grelha. Os cristais pequenos vão buscar o seu poder ao Todo e irradiam a mesma energia dos cristais de tamanhos maiores. Por isso, muito enfaticamente, não, o tamanho não importa.

Não é a beleza externa de um cristal que determina o seu poder e as suas capacidades individuais. Um cristal em bruto, irregular, "imperfeito", de aspecto tosco, deformado, lascado, sem brilho e sem "aquele brilho" que nos enche a vista, pode ser mais poderoso de que uma pedra polida, lapidada e dispendiosa.

Os cristais não têm que ser perfeitos em aspecto para cumprirem a sua função numa grelha. Pedra irregulares, com diferenças de tamanho e forma e até mesmo lascas e pedras partidas podem fazer com que o cristal se esforce mais, pois tem mais empatia com as pancadas e amolgadelas da vida diária.




Escolher cores ou tipos de cristais ligeiramente diferentes pode afectar drasticamente o resultado de uma grelha. Por exemplo, se escolher cristais de cores muito vivas estarei a criar grelhas com energias vibrantes de alegria e rejuvenescimento, enquanto que se utilizar tons suaves e mais claros estarei a construir uma grelha com a energia da tranquilidade e da serenidade.

Quando decide construir uma grelha, irá naturalmente procurar os cristais que se adequam ao propósito a que a grelha se destina. Este é o melhor ponto de partida. Escolha intuitivamente ou leia sobre os cristais (temos alguns artigos aqui no blog).

Depois de escolher os cristais, sintonize-se com eles. Segure nas suas mãos durante uns momentos cada um, e um a um sinta as suas vibrações a irradiarem para o interior do seu ser. Se as vibrações estiverem de acordo irá sentir serenidade e paz. Caso contrário, sentirá agitação e enjoos e deverá escolher outro cristal já que aquele não é o indicado para si nesse momento.

Lembre-se, cristais com terminação pontiaguda (chamados de pontas) direccionam a energia. Se apontados para dentro da grelha, captam a energia, se apontados para fora irradiam a energia.


Os cristais estão sempre a absorver energias mesmo que não estejam "em serviço". Numa grelha não é diferente. Quando se inicia a construção, os cristais deverão estar sempre limpos (veja como aqui). O mesmo deverá ser feito com a base da grelha. Carregue os seus cristais durante algumas horas ao sol ou ao luar (cuidado com os raios solares que podem branquear alguns cristais).  A limpeza deverá ser feita com regularidade caso contrário começará a perder força especialmente se estiver a transmutar energias negativas.

A regularidade da limpeza dependerá do propósito e da intensidade de energia que é absorvida ou irradiada. Grelhas de protecção e limpeza precisam de limpezas mais regulares do que as grelhas para a manifestação de amor, abundância, etc. Não existem regras quanto ao tempo, excepto limpar com frequência ou se sentir que a grelha deixou de funcionar. O simples gesto de colocar a mão sobre a grelha dir-lhe-á se a energia está activa ou lenta e a precisar de renovação. A cornalina é uma excelente pedra para recarregar as grelhas e o quartzo cristal o mais poderoso amplificador de energia.


Alguns exemplos de cristais que pode usar de acordo com determinados propósitos:

Enraizamento (grounding) - pedras boji, sílex, granito, hematite, obsidiana, madeira petrificada, quartzo fumado, cornalina, jaspe policromo, jaspe mookaite, jaspe paisagem

Protecção - âmbar, ametista, lágrima de apache, turmalina negra, aventurina verde, diamante de Herkimer, labradorite, lepidolite, shungite, quartzo fumado, jaspe mookaite

Limpeza - ametista, lágrima de apache, calcite, sílex, obsidiana, quartzo, selenite, shungite, quartzo fumado

Energização - cornalina, citrino, diamante de Herkimer, semente lemuriana, quartzo, jaspe vermelho, topázio imperial, pedra do sol, rubi, granada

Abundância - cornalina, citrino, pirite, jade, olho de tigre, topázio

Cura Pessoal - pedra do sangue, sílica, esmeralda, shungite, quartzo rutilado, quartzo rosa

Cura Ambiental - aragonite, jaspe kambaba, madeira petrificada, rodocrosite, quartzo rosa, shungite, quartzo fumado

Alta Vibração, Iluminador - anandalite (quartzo aurora), semente lemuriana, moldavite, petalite, fenacite, selenite, quartzo cristal

Intuição - apofilite, azurite, diamante de Herkimer, cianite azul ou verde, labradorite, lápis-lazuli, larimar, quartzo cristal, selenite, sodalite, ametista, turquesa, amazonite


O cristal central (gerador ou angular)

É o ponto de poder que foca e amplia a grelha.

Geralmente é o cristal central que simboliza a origem da vida.

Canaliza a força vital (chi) para a grelha e a sua energia é depois ampliada pela própria grelha.

O quartzo cristal é um dos cristais mais usados e talvez o mais ideal porque transmuta, gera, amplia e irradia energia constantemente.




Cristais de ancoragem

Podem ser usados cristais de ancoragem para segurar a energia na grelha, enraizando-a e centrando-a.

Podem ser colocadas, por exemplo, no exterior da grelha, nos cantos de uma grelha quadrada, ou dentro da própria estrutura da grelha.

Cristais como o sílex, a aragonite, o quartzo fumado ou o granito são excelentes para ancoragem.

O sílex, a turmalina negra e a shungite ancoram as grelhas de limpeza ou de alta vibração canalizando a energia transmutada através das multidimensões para a própria Terra.


Alinhamento da Grelha

Utilizar os pontos cardeais de uma bússola pode ser muito interessante porque atrai o poder das direcções que o irão ajudar no seu trabalho.

Alinhar uma grelha de norte para sul suaviza o fluxo de energia. Se for orientada para o sol, a grelha será mais activa e iniciadora enquanto que se for orientada para a lua será mais nutridora.

Também é possível alinhar as suas grelhas de acordo com as associações tradicionais das direcções xamânicas que se seguem:

Norte - conhecimento, reestruturação, acalma a discórdia

Sul - limpa, ajudar a fluir, activa

Leste - concepção, remove conflitos, motiva novos projectos

Oeste - deixar ir, arrumação, crescimento, renovação, renascimento

Em cima - energia cósmica e luz, energiza, o Divino masculino

Em baixo - ligação à terra, enraizamento, nutre, o Divino feminino


Preparação da Grelha

Depois de limpos, escolha os cristais de acordo com o que a grelha necessitar e um cristal para colocar no centro. Poderá ter uma forma, cor ou tamanho diferente e será o cristal gerador.

Usar o pêndulo ou sondar com os dedos são técnicas usadas para escolher e posicionar os cristais numa grelha.

Escolha os cristais e, um a um, passe os dedos ou o pêndulo sobre estes questionando se são adequados à sua grelha e intenção. Se a resposta for "sim", reserve, se for "não" faça o mesmo procedimento com outros cristais.

Para imbuir de intenção os seus cristais, segure-os nas mãos e diga em voz alta ou mentalmente:

"Eu dedico estes cristais ao bem Supremo de todos e peço que o seu poder seja activado para trabalhar em harmonia com a minha intenção focada. Também peço que, quando montada, a grelha traga (diga o seu propósito específico para a grelha), bem como qualquer outra coisa que seja apropriada ao mais alto nível." Pode utilizar outras afirmações suas, mas deverá ser claro, objectivo e sentido. Reafirme a sua intenção quando montar a grelha.

Escolha um local calmo e de acordo com a sua intenção para montar a grelha. Pode colocar num móvel, mesa, debaixo da cama, em casa ou no escritório. Pode, sem recurso a bases, fazer uma grelha só de cristais em torno do corpo, de um edifício ou num ambiente. Questione o pêndulo ou sonde se o local é adequado.

Quando posicionar os cristais na grelha e um a um, use uma das duas técnicas mencionadas, questione se o cristal está colocado adequadamente e assim sucessivamente. Pode fazer o mesmo em relação à própria grelha (se o local e ambiente envolvente são apropriados. Este passo é especialmente útil para quem cria grelhas ao ar livre).

Pode utilizar também estas técnicas para saber se a grelha se encontra activa, ainda alinhada com o propósito inicial e o tempo que deverá permanecer montada.


Pendular ou Sondar

Ambas são técnicas fáceis de aprender. É uma questão de perceber qual a que funciona melhor consigo.


Usar o pêndulo:

- Segure o pêndulo entre o polegar e o dedo indicador da sua mão mais receptiva (aquela com que escreve). Deixe cerca de um palmo de corrente entre a sua mão e a ponta do pêndulo (pode enrolar o restante nos dedos para não atrapalhar).

- Encoste o braço ao corpo, dobre o cotovelo e mantenha a mão num ângulo recto relativamente à parte superior do braço.

- Verifique qual é o seu "sim" e o seu "não". Para algumas pessoas, o pêndulo oscila numa direcção para indicar "sim" e em ângulos rectos relativamente ao eixo para indicar o "não", enquanto que para outras pessoas o pêndulo oscila para a frente e para trás para indicar uma resposta e faz círculos para indicar outra. Quando o pêndulo treme significa "talvez" ou que não é adequado pendular naquele momento. Nesse caso, pergunte se é apropriado pendular e se a resposta for "sim" verifique se está a fazer a resposta certa. Se o pêndulo parar completamente, indicia que não é apropriado perguntar naquele momento. Para determinar respostas particulares do seu pêndulo, segure-o sobre o joelho e pergunte "O meu nome é (diga o seu nome correcto)?. A direcção em que o pêndulo se mover significa "sim". Para definir uma resposta "não" faça a mesma pergunta mas com um nome errado. Ou se preferir, pode programar o seu pêndulo para o "sim" e "não" oscilando-o numa direcção algumas vezes enquanto repete "isto é um sim" e oscilando-o noutra direcção repetindo "isto é um não" durante uns momentos.

- Para definir o tempo necessário para manter uma grelha montada questione primeiramente ao pêndulo se o tempo é expresso em minutos, horas, dias, semanas ou meses. Quando obtiver a resposta, pergunte "Um minuto (ou hora, dia, etc)?", "Dois minutos (ou horas, dias, etc)?" e por aí fora até ter definido o período de tempo.


Sondar com os dedos:

Esta é uma técnica rápida e inequívoca muito discreta que poderá fazer em determinadas situações em que usar o pêndulo poderia atrair atenções indesejadas. Funciona especialmente para pessoas cinestésicas, isto é , que respondem intuitivamente a sensações subtis (embora qualquer pessoa possa aprender).

- Junte o polegar e o indicador da mão direita. A seguir passe o polegar e o indicador da mão esquerda em arco pelo primeiro "elo" para formar uma corrente. Pergunte clara e inequivocamente se este é o melhor cristal para o seu propósito. Pode dizer em voz alta ou mentalmente. Agora, puxe de forma ligeira mas firme. Se a cadeira romper é "não". Se continuar segura a resposta é "sim".


Montagem da Grelha

Depois de escolher a localização e certificar-se que é o local certo onde a grelha não irá ser perturbada, siga os seguintes passos:

1 - limpe o espaço onde a grelha irá ser colocada;

2 - pode colocar directamente na superfície ou pode escolher um pano ou um fundo apropriado (tenha atenção se a cor que vai utilizar ou os motivos são apropriados ao propósito);

3 - junte os cristais escolhidos e limpe-os (para cristais muito pequenos pode utilizar uma pinça se lhe for mais cómodo);

4 - segure os cristais nas mãos e afirme a sua intenção. Seja claro, específico e preciso. Pode dizer simplesmente "Por favor, protege-me e ao meu espaço";

5 - oriente a grelha se considerar necessário (por exemplo, poderá querer, numa grelha com um triângulo, apontar o vértice superior para norte);

6 - coloque os seus cristais de dentro para fora se pretender irradiar energia para fora da grelha ou coloque de fora para dentro se pretender atrair energia para dentro da grelha;

7 - alinhe cuidadosamente todos os cristais;

8 - Una mentalmente todos os pontos para activar a grelha. Pode recorrer a uma varinha de cristal para a mesma função;

9 - acrescente cristais de ancoragem se considerar adequado;

10 - mantenha a zona da grelha limpa e organizada.


Activação

Para activar uma grelha depois de construída, use a mente ou uma varinha de cristal (pode utilizar uma ponta de quartzo cristal) para unir todos os pontos, incluindo o cristal gerador

Se a grelha não tiver linhas de ligação a cada cristal, aponte para o ponto central e outra vez para fora, tocando em cada cristal de cada vez e materializando a energia.

Por fim, coloque a varinha ou ponta (ou foque a sua visão) no cristal gerador e reafirme a sua intenção.




Manter a grelha activa

Verifique a sua grelha regularmente mas sem exageros.

A frequência com que deve observar a sua grelha irá depender do seu propósito. Por exemplo, grelhas de protecção e de transmutação deverão ser verificadas diariamente, enquanto que as grelhas de manifestação ou exteriores podem ser supervisionadas de tempos a tempos.

Durante o processo vá reafirmando a sua intenção, limpando os cristais sempre que necessário, retire ou substitua cristais se for caso disso, mas não interfira com demasiada frequência ou a grelha não terá hipótese de actuar.


Crise de Cura

Ao trabalhar com grelhas poderá ocasionalmente ocorrer uma crise de cura (um período de tempo em que os sintomas ou situações pioram inicialmente).

Se notar alguma alteração enquanto estiver a montar uma grelha ou estiver deitado dentro dela, saia e segure cristais de aterramento (grounding) tais como a turmalina negra, a shungite, o quartzo fumado, o sílex ou a hematite. Pode colocar um aos seus pés até a situação estabilizar.

Antes de reentrar ou continuar a construção da sua grelha, verifique através do pêndulo ou da intuição se tem de retirar ou substituir algum cristal. Quando voltar a entrar na grelha, coloque um cristal de aterramento aos seus pés. Se a grelha estiver colocada no ambiente, numa divisão ou ao ar livre, crie um círculo em torno dela com os mesmos cristais e substitua temporariamente o cristal gerador (o central) ou coloque um cristal de aterramento para ancorar os restantes.

Quando a situação estiver estável, verifique se a grelha mantém os cristais certos e substitua os que tiverem terminado o seu trabalho.


Desmontagem da grelha

Depois de cumprir a sua função, a grelha pode ser desmontada.

Para tal, deverá desactivar retirando os cristais e segurando-os nas mãos diga "Agradeço a estes cristais pelo seu trabalho, que já não é preciso. Peço que o seu poder seja fechado até ser reactivado".

A seguir limpe-os meticulosamente um a um. Os cristais mais escuros ou fumados deverão ser enterrados num vaso durante um ou dois dias (pode colocar em arroz integral ou num saco de pano escuro). Coloque os restantes durante umas horas ao sol (cuidado com os mais frágeis) ou ao luar para os recarregar e depois pode guardá-los.

Algumas grelhas criam uma marca energética no ambiente que permanece muito tempo depois de serem desmontadas. Embora as grelhas de manifestação de paz e tranquilidade ou de apoio se dissipem por si mesmas, as grelhas de transmutação ou de alívio de uma situação que já passou devem ser desconstruídas energéticamente. É conveniente limpar o espaço defumando-o ou borrifando-o com essências de cristais (veja exemplos aqui). Pode também recorrer ao uso do som para fechar essas marcas. Pode tocar um tambor, taças tibetanas ou taças de som no espaço para fechar completamente a grelha em todos os níveis.



Fonte(s): The Ultimate Guide to Crystal Grids de Judy Hall, The Chattery (imagem), Hibiscus Moon Crystal Academy (imagem)

Artigos relacionados


Praticar a Gratidão

Praticar a Gratidão

A prática regular da meditação da consciência pode, por um lado, abrir as nossas mentes para as muitas bençãos que temos na vida, ajudando-nos a evitar tomá-las como garantidas. Por outro lado, quando aproveitamos as oportunidades (...) Ler mais

  • 0
Como Construir um Altar para Kuan Yin

Como Construir um Altar para Kuan Yin

Antes de falar sobre a construção do altar, é importante dizer que Kuan Yin não pede nada em troca por ouvir os nossos desabafos ou atender aos nossos pedidos. Kuan Yin é a "mãe" amorosa que nos socorre e atende as nossas necessidades (...) Ler mais

  • 0
Dolomita - A Pedra do Eu Verdadeiro

Dolomita - A Pedra do Eu Verdadeiro

A Dolomita é uma excelente pedra para conseguir calma, centralização e equilíbrio. Emana um padrão vibratório que traz para o campo de energia humana a capacidade de se manter sempre constante quando ocorrem mudanças. É uma pedra de (...) Ler mais

  • 0

Produtos relacionados