Como Construir um Altar para Kuan Yin



Antes de falar sobre a construção do altar, é importante dizer que Kuan Yin não pede nada em troca por ouvir os nossos desabafos ou atender aos nossos pedidos.

Kuan Yin é a "mãe" amorosa que nos socorre e atende as nossas necessidades sempre que a chamamos. Basta chamá-la pelo seu nome e ela vem em nosso auxílio, independentemente de onde nos encontramos, se temos um altar ou não, ou se o altar é simples ou mais elaborado.


Quando construímos um altar em casa, estamos a criar uma aliança ou um elo com o Divino através das nossas orações e devoções. É o local onde pedimos ajuda aos mestres, aos nossos guias, aos anjos e arcanjos para nos auxiliarem nos momentos difíceis. É ao Divino que entregamos o que nos vai na alma, o sentimento de gratidão ou problemas para que possam ser resolvidos ou para recebermos orientação ou apoio.


O local adequado

O local deve ser calmo e trazer a sensação de paz. É afinal de contas o local onde iremos fazer pedidos, orações, deixar oferendas ou presentes se for esse o desejo, entrar em sintonia com a energia de Kuan Yin, expressarmos a nossa gratidão sobre algo.

Deve ser idealmente plano, com tons que invoquem paz e harmonia.

Quanto à divisão mais adequada, o ideal seria dedicar uma divisão só para o altar ou um "recanto" da casa. Já vi altares construídos em marquises e um deles montado no que tinha sido o lugar de um pequenino antigo roupeiro embutido no fim de um corredor que achei muito interessante, porque apesar de um corredor não ser o local mais adequado por causa da movimentação, o altar estava bastante "protegido", quase como que escondido. Quartos, salas e escritórios não são locais favoráveis pelas actividades lá praticadas, distracções, discursos mais efusivos ou agressivos, visitas que teimam em "mexericar", mas se não conseguir encontrar outro local, o que conta é a intenção, mas evite sempre sempre colocar por cima de electrodomésticos sobretudo o frigorífico e claro, em casas-de-banho.

Tente pedir às visitas para não mexerem por se tratar de um local sagrado. Fique sempre atento a "objectos estranhos" depositados no altar (falo por experiência que tive um altar na sala e em dias de convívio apanhava todo o tipo de objectos como óculos de sol, chaves dos carros, copos e o que mais me incomodava... telemóveis). Nem todos compreendem as crenças das outras pessoas, mas deveriam ser respeitadas, o que infelizmente, nem sempre acontece.

É também muito importante e regra geral, manter sempre o local limpo e organizado.


Construção do altar e objectos

Para começar, devemos usar a imaginação para criar um altar de acordo com o nosso coração, pois é o nosso espaço sagrado, o nosso espaço de ligação com Kuan Yin.

Certas correntes religiosas ou filosofias afirmam que o melhor local para colocar o altar é de costas para leste para que possamos orar de frente para o nascer do sol. Se não lhe for possível, coloque onde puder. Intenção é tudo.

Assim que decidir o local, é altura de escolher a superfície onde irá colocar o altar. Em sinal de respeito, o altar deve ser montado sobre uma peça de mobiliário e não directamente no chão. Há quem coloque sobre uma cómoda, mesa de cabeceira ou credência.

Pode colocar uma toalha ou corredor de mesa. Não precisa de comprar propositadamente. Escolha uma toalha ao seu gosto, bonita e limpa. Tenha em consideração que será uma oferenda a Kuan Yin e enquanto estiver no altar não poderá utilizá-la mais.

Coloque uma imagem de Kuan Yin. Pode ser uma estatueta, uma fotografia ou qualquer outra representação.

Pode colocar um castiçal para uma vela (que deverá acender durante as suas orações ou pedidos). Pode colocar mais do que um castiçal, mas sempre em número ímpar.

Kuan Yin adora incensos. Como tal, pode colocar um incensário ou uma taça com arroz (onde irá colocar sempre 3 varetas). Durante as orações ou pedidos, queime sempre incenso, um ou três ao mesmo tempo.

Vale lembrar que os incensos e velas devem ser sempre acendidos com um fósforo e não com isqueiro.

O japamala é das peças que considero mais fundamentais. Não é uma "exigência", mas pessoalmente considero a peça mais importante, sobretudo se se tenciona recitar mantras. É um elo e um dos símbolos de Kuan Yin. Não importa qual a cor, o estilo ou os materiais do japamala (desde que naturais claro), importa sim que sinta conexão com ele. Pode oferecer o seu japamala a Kuan Yin e neste caso, permanecerá sempre no altar e só o utilizará para recitar os mantras. Pode utilizar um no dia-a-dia e depositar no altar quando o retira ou ter dois, um consigo e outro só para o altar. Há quem acredite que por cada mantra deve existir um japamala, porque o japamala vai ficando carregado à medida que se vai recitando um mantra.

É costume os povos orientais, nomeadamente os chineses, colocarem alimentos junto à imagem de Kuan Yin, pois acreditam que assim receberão a sua benção, boas energias, boa saúde e vida longa. Pode colocar uma taça com frutas frescas que devem ser comidas logo após as orações). Para manter uma taça com comida por mais tempo, opte por frutos secos.

Coloque flores. Kuan Yin adora flores. O ideal é utilizar flores frescas e perfumadas tendo sempre o cuidado de não as deixar deteriorar no altar. Se não conseguir manter sempre flores frescas, pode utilizar flores artificiais como símbolo. É mais importante o simbolismo e perfeição do que ter flores murchas no altar. Se utilizar flores frescas coloque-as em água, se utilizar flores artificiais coloque-as em arroz. Pode utilizar por exemplo no dia-a-dia flores artificiais e em datas simbólicas (ver abaixo) oferecer uma flor fresca.

Pode colocar outros objectos que considere sagrados para si (e que se encontrem em sintonia com Kuan Yin). Podem ser cristais, símbolos, fotografias de outras pessoas que queira beneficiar com a protecção de Kuan Yin. Pode colocar uma imagem do Buda Amitabha (a oeste) que trabalha em conjunto com Kuan Yin. No altar que construí na minha antiga casa tinha uma fotografia de Mikao Usui e um símbolo do Yin e Yang em barro que o meu filho fez para mim. São exemplos de símbolos meus e com os significados que lhes atribuí, mas pode utilizar os seus objectos especiais e significativos para si.

Pode ainda colocar objectos na parede do altar, por exemplo thangkas, pinturas, símbolos, etc.


Cores

As cores da Kuan Yin são o rosa e o violeta suaves. São as cores da misericórdia, do perdão e do amor.

Pode utilizar branco que é a cor da pureza e a cor com que Kuan Yin se apresenta muitas vezes.


Oferendas

As frutas mais apreciadas por Kuan Yin são a laranja, o melão, a maçã, a uva, kumquats, o abacaxi, o mamão e a manga.

Quanto às flores frescas, Kuan Yin gosta muito de rosas, das flores do campo, do jasmim, da lavanda e do lótus. Pode oferecer um ramo de salgueiro que é o ramo que Kuan Yin segura em muitas das suas representações.

Os seus incensos são o de jasmim, de rosas, de sândalo e de lótus.


Datas simbólicas

Acredita-se que dia 19 de Fevereiro foi o dia do nascimento da Mãe Kuan Yin.

O dia 19 de Junho foi, segundo a crença, o dia em que alcançou a sabedoria plena.

O dia 19 de Setembro é o dia em que se comemora a sua iluminação.

Nestas três datas ocorrem festivais em sua homenagem por toda a China e outros países orientais devotos. São dias comemorados com muita alegria onde são entoados cânticos, recitados mantras, são queimados incensos e velas e feitas inúmeras oferendas.

Como antecessora de Saint Germain na coordenação da Chama Violeta na Terra e actual representante do Sétimo Raio Cósmico no Concelho Kármico, o seu dia da semana, de acordo com o raio, é o sábado.

Segundo a Summit Lighthouse, o seu aniversário é comemorado no dia 8 de Abril e no Budismo comemora-se o nascimento do Boddhisattva Avalokitesvara no dia 21 de Março.

No Templo Luz do Oriente, em São Paulo no Brasil, todos os dias 18 são dias de homenagem a Kuan Yin.

Estas são as datas simbólicas, mas claro que poderá fazer as suas orações e pedidos a Kuan Yin sempre que quiser, em qualquer dia, a qualquer hora.



Fonte(s): Kuan Yin - A Deusa dos Milagres de Angela Marcondes Jabor

Datas comemorativas de Kuan Yin
https://www.somostodosum.com.br/clube/artigos/autoconhecimento/datas-comemorativas-de-kuan-yin-29803.html

Artigos relacionados


Como Preparar e Montar uma Grelha de Cristais

Como Preparar e Montar uma Grelha de Cristais

As grelhas proporcionam inúmeros benefícios. Podem criar abundância, proteger um espaço e neutralizar toxicidades. Podem atrair o amor para a vida ou enviar uma intenção de perdão e de cura. Podem ser construídas e desmontadas ao fim (...) Ler mais

  • 0
Dolomita - A Pedra do Eu Verdadeiro

Dolomita - A Pedra do Eu Verdadeiro

A Dolomita é uma excelente pedra para conseguir calma, centralização e equilíbrio. Emana um padrão vibratório que traz para o campo de energia humana a capacidade de se manter sempre constante quando ocorrem mudanças. É uma pedra de (...) Ler mais

  • 0
Azurita - A Pedra da Visão Interior

Azurita - A Pedra da Visão Interior

Nenhuma pedra é uma incorporação mais pura do raio azul do que a Azurita. O seu azul-escuro espectacular transporta a frequência exacta do chakra do Terceiro Olho e é uma ferramenta natural para a activação desse centro energético. (...) Ler mais

  • 0

Produtos relacionados