Japamala de Sândalo e Calcedónia com Fada

  • Referência: 108500
  • Disponibilidade: Em stock

/

  • 21,00€


Japamala de sândalo e calcedónia com Meru, pendente (fada) e tassel.

Pode ser usado como colar ou enrolado no pulso como pulseira. O uso regular traz inúmeros benefícios à saúde física, emocional e espiritual.


Estilo: tibetano (4 divisões de 27 contas)

Materiais: sândalo natural (tingido), calcedónia natural, acessórios metálicos (cor prateado)

Cordão: algodão

Pendente: Fada

Tassel: seda, branco

Diâmetro das contas: 8mm

Comprimento: 61cm (até à ponta do tassel)

Feito à mão


Sândalo

Relaxamento e Optimismo

Aumenta o poder de concentração na meditação e do que se deseja. Ajuda na conexão com o Divino. Protege.  Ajuda a desenvolver a clarividência. Serena a mente e abre o coração para o amor. Estimula a sensualidade. Invoca a tranquilidade. Ajuda a expandir a consciência. Desperta pensamentos divinos. Promove o profundo relaxamento aumentando a energia espiritual. Estimula o chakra raiz acreditando-se que aumenta a auto-confiança e o auto-conhecimento. Promove o entusiasmo e a auto-estima. Aumenta a positividade e optimismo afastando dúvidas, sentimentos de raiva, irritabilidade e melancolia.

Propriedades curativas: Fortalece o sistema imunitário, ajuda em várias doenças do sistema digestivo, inibe a depressão, ajuda a dormir melhor, alivia o stress.


Calcedónia

Conhecimento Interior e Centralidade

É uma pedra de apoio que promove a fraternidade e a boa vontade e desenvolve a estabilidade do grupo. Pode ser utilizada para ajudar as transmissões de pensamento e a telepatia. Absorve a energia negativa e dissipa-a de forma a evitar transmissões futuras. Era utilizada antigamente no fabrico de cálices porque se acreditava que evitava o envenenamento. Traz harmonia à mente, ao corpo, às emoções e ao espírito. Ao promover sentimentos de benevolência e de generosidade, a Calcedónia remove a hostilidade e transforma a melancolia em alegria. No plano psicológico, facilita o autoquestionamento e a reflexão interior construtiva. Cria uma pessoa aberta e entusiasta. Absorve e dissipa pensamentos, emoções e sonhos negativos.

Propriedades curativas: é uma poderosa pedra de limpeza, nomeadamente de feridas, reforça o instinto maternal e aumenta a lactação, melhora a assimilação de minerais e combate a acumulação mineral nas veias, diminui os efeitos da demência e da senilidade, aumenta a energia física, equilibra o corpo, as emoções, a mente e o espírito, trata a visão, a vesícula biliar, os ossos, o baço, o sangue e o sistema circulatório.


Pendente:

Fadas

As fadas são elementais da natureza e estão por toda a parte. São guardiões das plantas e das flores.

Tal como os anjos, são seres interdimensionais que vivem num reino entre reinos. São seres de luz que existem em diferentes níveis de vibração.

Diferem dos anjos porque estão muito mais próximas do plano da Terra e têm egos. Enquanto que os anjos trabalham para realizar a vontade divina e servir a humanidade, as fadas trabalham para servir, cuidar e nutrir a Terra.

Acredita-se que já tenham vivido como seres físicos, mas ao testemunharem a consciência cada vez mais violenta da humanidade, escolheram "desaparecer" para uma dimensão que, nós humanos, desconhecemos.

Estão ligadas às energias da magia e da intuição. Quem deseja trabalhar com fadas deve vibrar em amor e ter o desejo de servir e ajudar a natureza.


Meru

A conta central que marca o início e o fim do japamala. Representa o Mestre, a Montanha, o Divino, a Divindade. Não deve ser contado nem tocado.


Tassel

Simboliza as raízes da flor de lótus lembrando que sem lama não há lótus. Representa a ligação com o Divino, a iluminação, a pureza, a consciência pura e a libertação.



O que é um japamala?

Um japamala é um colar ou pulseira de contas que serve como instrumento de meditação e recitação de mantras.

É uma palavra do idioma sânscrito em que Japa significa repetição e Mala colar ou cordão de contas.

Provém da Índia e a sua utilização teve origem no Budismo e no Hinduísmo, tendo ficado conhecido globalmente como terço budista ou simplesmente terço espiritual.

Com uma poderosa simbologia, o japamala é constituído por 108 contas, ou divisões deste número, que representam os 108 nomes sagrados da Força Criadora, mas também os 108 principais Nadis (canais de energia).

Pode ser encontrado em 4 estilos: 108, tibetano, zen e mantra cujas diferenças se encontram nas divisões e disposição das contas.

O início/fim do Japamala é marcado por uma conta distinta, de nome Meru ou Guru, de onde pode sair um pendão (Tassel), um símbolo sagrado, uma figura divina ou uma combinação de vários destes elementos.

Tradicionalmente são constituídos por materiais naturais como madeiras, pedras e sementes que contêm inúmeras propriedades terapêuticas que oferecem diversos benefícios à saúde física, emocional, mental e espiritual, o que faz com que seja um objecto muito apreciado e utilizado por todo o mundo e por qualquer pessoa.

Os colares podem ser encontrados com 108 ou 54 contas e as pulseiras com 12, 18, 27 ou 36 contas. Neste caso, para a recitação de mantras, o japamala deve ser voltado e contado as vezes necessárias até totalizar o número 108.

Informação
Conteúdo Instruções de utilização + Saco de protecção (para guardar o japamala)
Embalagem Caixa de cartão reciclada + Etiqueta de papel autocolante (Ecoponto Azul)
Envio Caixa de cartão reciclada e/ou Envelope reciclado (Ecoponto Azul)

Faz login ou regista-te para poderes comentar e avaliar.