Chamador de Anjos (esfera rosa) - Árvore da Vida

  • Referência: CA072
  • Disponibilidade: Em stock

/

  • 10,00€


Chamador de Anjos para protecção e comunicação com os anjos.


Materiais: metal prateado, esfera rosa

Cordão: corrente prateada em metal, aprox. 78cm

Largura aprox.: 24mm

Comprimento aprox.: 27mm


Significado da cor rosa da esfera:

Amor, compaixão, carinho. A cor rosa carrega a vibração da inocência, da honra e do amor maternal. Ajuda a ver a vida mais amorosa.


Árvore da Vida

A Árvore da Vida é um símbolo ancestral muito conhecido hoje em dia e que atravessou várias culturas. Adquiriu diversos nomes e representações atribuídos pelas diferentes religiões que o adoptaram, mas o seu significado como a fonte da vida é comum a todas.

Representa o ciclo da vida e a interconexão de tudo no Universo.

Compreende todos os aspectos de uma árvore em si, com raízes, tronco, ramos, folhas e, por vezes, frutos, representando a árvore de uma forma simbólica.  Mas, o seu significado é muito mais profundo. Observando cada elemento e processo da árvore, pode-se extrair o significado espiritual de cada um deles relacionado com a vida dos seres humanos cuja verdadeira origem é comum a todos (raízes), possuem um espírito conectado com o corpo físico (tronco), seguem diferentes direcções (ramos) e têm as suas próprias singularidades (folhas).

Um símbolo de unidade e conexão com uma mensagem bem clara, de que todos estamos interligados através de uma energia cósmica e que devemos viver em harmonia com todos os seres vivos.

Utilizado em bijuteria, diz-se que transmite calma e sabedoria.



O que é um chamador de anjos?

O chamador de anjos, também conhecido como bola da harmonia, consiste num pendente metálico muito semelhante a uma gaiola dentro da qual é inserida uma esfera, normalmente colorida, que emite um som muito suave e harmonioso que lembra um guizo.

O seu som celestial tem o poder de atrair a protecção dos anjos, de repôr a harmonia e a paz e ajudar na elevação da vibração afastando as energias negativas. Tornou-se um maravilhoso instrumento de protecção e comunicação com os anjos e os guias espirituais.

Embora não existam dados históricos que comprovem a sua origem, acredita-se que tenha surgido na Indonésia.

Conta uma das lendas que os anjos ofereceram aos elementais da natureza um amuleto de protecção para que sempre que se sentissem em perigo o agitassem e assim, rapidamente, os anjos viriam protegê-los.

Na cultura maia era considerado um objecto de invocação do anjo da guarda para protecção do portador do amuleto. Já na idade média, acreditava-se que o som suave do guizo estabelecia uma ligação directa com o reino celestial e invocava os anjos e os elementais da natureza para acompanharem a gravidez da mulher protegendo-a e ao seu bebé. Após o nascimento, o amuleto era pendurado no berço junto ao recém-nascido que reconhecia o tilintar suave e sentia-se protegido lembrando-se do útero da mãe.

Informação
Conteúdo Instruções de utilização
Embalagem Saco de papel reciclado + Etiqueta de papel autocolante (Ecoponto Azul)
Envio Caixa de cartão reciclada e/ou Envelope reciclado (Ecoponto Azul)

Faz login ou regista-te para poderes comentar e avaliar.