Centrar com as Calcedónias Azul e Aqua Azul


Palavras-Chave: Equilíbrio Calmo, Centralidade, Conhecimento Interior, Comunicação

Elementos: Água

Chakras: Laríngeo (5º), Terceiro Olho (6º)


A Calcedónia é um dióxido mineral de silício composto por grãos de quartzo submicroscópicos, coloridos e por vezes ornamentado por outros pigmentos minerais. Tem uma dureza de 7 na escala de Mohs.

Difere do jaspe porque na Calcedónia, o quartzo é disposto em camadas fibrosas ao contrário dos pontilhados encontrados no jaspe.

O nome deriva da cidade grega  de Calcedónia. Aqui, tal como no Egipto e Roma, era trabalhada em joalharia e esculturas acreditando-se que beneficiaria quem as usasse. Cálices eram trabalhados em calcedónia e forrados a prata porque se acreditava que prevenia envenenamentos.

Os depósitos deste mineral encontram-se distribuídos por todo o planeta, em especial na Índia, Brasil, Madagáscar e Turquia.

Existe uma grande variedade de cores, padrões, nomes e diferentes origens da Calcedónia. Falaremos da Calcedónia Azul e da Calcedónia Aqua Azul.


Características

As Calcedónias Azul e Aqua Azul tocam o campo de energia como o azul relaxante de um lago gelado na montanha. A sua vibração é suave, calma e centradora.

Têm uma energia que pode ser sentida como um cubo de gelo interior profundo em inflamações ou ferimentos no campo de energia.

São representantes vigorosas do raio azul, associado aos chakras laríngeo e terceiro olho.


Plano Espiritual

Ambas afetam a mente em muitos níveis. Estimulam a telepatia e todos os tipos de comunicações com os reinos invisíveis. Ajudam a pessoa a falar sobre temas que estão abaixo da sua percepção consciente normal, e são portanto, boas pedras para quem está em terapia e excelentes ferramentas para quem está envolvido no aconselhamento dos outros.

Por se ligarem ao subconsciente, também podem auxiliar na recordação de vidas passadas. A sua orientação para a cura interior significa que as memórias recuperadas com estes cristais serão as mais relevantes para o que é necessário ao progresso e crescimento da pessoa.

Ao activar os chakras laríngeo e terceiro olho, ajudam a pessoa a falar com facilidade sobre os seus conhecimentos e orientações mais profundas.

São poderosas pedras para comunicar com o espírito e podem ser usadas para encorajar a fala em línguas desconhecidas ou na linguagem da Luz.

Podem prevenir vazamentos energéticos e reparar buracos na aura.

Ajudam na comunicação Divina, discurso e trabalho de canalização.

Podem ser utilizadas para ajudar as transmissões de pensamento e telepatia.

Absorvem a energia negativa de forma a evitar transmissões futuras.


Plano Mental

Podem restaurar a calma e o equilíbrio nos momentos de stress em que o centro da pessoa começa a balançar.

Ao usar a capacidade do quartzo (o elemento constitutivo principal da Calcedónia) de amplificar as energias para canalizar vibrações serenas, ajudam a acalmar todo o ser da pessoa, da mente consciente à criança interior, e todo o caminho até o Eu animal.

Excelentes para quem tende a preocupar-se em demasia já que ajudam a pessoa a centrar-se no presente em vez de habitualmente se projectar num futuro imaginário.

Oferecem harmonia à mente.

Facilitam o autoquestionamento e a reflexão interior construtiva.

Criam uma pessoa aberta e entusiasta.

Absorvem e dissipam pensamentos negativos.

São pedras de criatividade. Abrem a mente à assimilação e aceitação de novas ideias e situações.

Promovem flexibilidade mental e destreza verbal.

Estimulam a capacidade de aprender novas línguas e desenvolvem a memória.


Plano Emocional

Ajudam a apaziguar o corpo emocional.

Ensinam a pessoa a ser mais positiva e clara nas suas comunicações.

São aliadas para quem tende a falar antes de considerar os impactos das suas palavras tornando a pessoa mais consciente do seu discurso e do tom de voz.

Auxiliam na eliminação de padrões de raiva profundos e irracionais do campo energético.

Úteis a aliviar sentimentos de desespero, pânico, medo e ansiedade.

São excelentes pedras de apoio que promovem a fraternidade e a boa vontade.

Desenvolvem a estabilidade do grupo.

Harmonizam as emoções promovendo a benevolência e a generosidade.

Removem a hostilidade e transformam a melancolia em alegria.

Limpam as emoções negativas.

Transmitem a capacidade de olhar em frente com optimismo e despreocupação.

Melhoram a autopercepção.


Plano Físico

Indicadas para cantores e todos os que possam forçar as cordas vocais por excesso de uso na medida em que fortalecem o aparelho vocal e previnem o cansaço.

Aliviam o stress e ansiedade.

Excelentes para a saúde da garganta na medida em que ajudam na cura de irritações e inflamações.

Poderosas pedras de limpeza, nomeadamente de feridas.

Reforçam o instinto maternal e aumentam a lactação.

Melhoram a assimilação de minerais e combatem a acumulação mineral nas veias.

Diminuem os efeitos da demência e da senilidade.

Aumentam a energia física.

Equilibram o corpo, as emoções, a mente e o espírito.

Tratam a visão.

Apoiam na boa saúde da vesícula biliar, ossos, sangue e sistema circulatório.

Melhoram as capacidades de audição.

Ajudam na regeneração das membranas mucosas e melhoram a patologia causada pela sensibilidade ao clima ou à pressão, tais como o glaucoma.

Promovem o desenvolvimento do sistema imunitário.

Estimulam o sistema linfático e eliminam edemas.

Têm um efeito anti-inflamatório e ajudam a diminuir a temperatura e a pressão arterial.

Ajudam a tratar os pulmões e o sistema respiratório dos efeitos causados pelo tabaco.


Harmonia com outros Cristais

Ambas harmonizam com a Calcedónia Roxa, Crisoprásio, Opala Azul Owyhee, Opala do Oregon, Alexandrita, Petalita, La´pis Lazuli e Ajoíta.

Combinadas com o Lápis Lazuli estimulam os poderes da mente. Com a Ajoíta e a Opala Azul Owyhee auxiliam na estimulação do chakra laríngeo. Com o Crisoprásio aproximam o coração. E combinadas com a Alexandrita e a Opala do Oregon abrem a pessoa às recordações de vidas passadas, abrindo caminho para a Calcedónia Azul e/ou Calcedónia Aqua Azul ajudarem a pessoa a articular a sabedoria recuperada.

Ainda podem ser usadas juntas com a Moldavita e o Tectito Tibetano que conferem à Calcedónia Azul e Aqua Azul uma energia mais dinâmica de transformação no trabalho interior.


Como Usar

Podem ser manuseadas com os dedos, colocadas na zona da garganta, usadas em bijuteria, colocadas na fivela do cinto ou conforme adequado, especialmente sobre os órgãos e em contacto com a pele.

Podem ser usadas sob a forma de elixir (através do método indirecto).


Limpeza energética

Antes de utilizar uma Calcedónia Azul ou Calcedónia Aqua Azul que tenha adquirido, seja uma pedra ou acessório (um japamala, por exemplo) deverá sempre proceder a uma limpeza energética.

Opte sempre por limpezas "secas", com o fumo do incenso, som, decretos, luar, etc.





Fonte(s): Crystal Bible de Judy Hall, The Book of Stones de Robert Simmons e Naisha Ahsian

Artigos relacionados


Angelita - A Pedra da Comunicação com os Anjos

Angelita - A Pedra da Comunicação com os Anjos

É uma das principais pedras da consciência da Nova Era. Representa paz e fraternidade. É uma pedra forte do elemento Ar. Tal como outras pedras aliadas ao elemento Ar, a energia da Angelita é estimulante para os chakras da coroa e do (...) Ler mais

  • 0

Produtos relacionados