O Poder do Mantra


O que é um mantra?

Um mantra consiste numa palavra, numa frase, ou em várias frases, em geral numa língua sagrada como o sânscrito, ou traduzida de um idioma para outro.

Um mantra pode gerar influências de cura em todos os níveis, de maneira geral ou específica. Podemos usar mantras para curar, promover o desenvolvimento da personalidade, evocar um influência espiritual específica, aliviar o medo, acalmar um animal, activar um símbolo (como um dos símbolos do Reiki) limpar pedras de cura, e muito mais.

Na maioria dos casos, o significado literal de um mantra só pode ser aproximado. Em razão da sua relação directa com a divindade, o significado  de cada mantra é tão complexo que toda uma biblioteca de explicações poderia ser escrita para alguns deles, especialmente porque muitas vezes há vários níveis de efeitos com inúmeros significados.

A sílaba "man" deriva do sânscrito Manana (pensar). A sílaba "tra" deriva de Trâna (libertação das amarras do mundo das aparências = despertar espiritual).

Cada mantra é um aspecto da Grande Deusa no seu ser mais profundo que, por sua vez, manifesta-se na realidade por meio da prática do mantra. Por conseguinte, cada prática de um mantra é um acto de adoração à Deusa.

Quando alcançamos o despertar espiritual pela prática de um mantra, ouvimos a Primeira Palavra com que a Grande Deusa criou o universo, o plano de existência do mundo espiritual com todos os mundos luminosos correspondentes, na sua manifestação com Vâc (palavra). Todo o mantra contém Devatâ, a Consciência Superior. Mas a repetição de um mantra por si só não constitui uma prática espiritual nem produz qualquer efeito. Precisamos devotar-nos ao poder espiritual em pensamentos, palavras e actos - e estar preparados para realizá-lo incondicionalmente e contribuir para que o poder sagrado da Deusa flua através de nós para o mundo e assuma forma.

Os lábios e a língua, os meios com que expressamos um mantra, são pontos reflexos do segundo chakra. A laringe e as cordas vocais pertencem ao quinto chakra que, por sua vez, recebe o seu poder do segundo chakra. Por isso, é importante ter um segundo chakra forte, equilibrado, bem conectado com os demais centros de energia, além de um quinto chakra em bom funcionamento.




Como entoar um mantra?

A pronúncia certa de um mantra é menos importante do que uma correcta relação energética e espiritual com o seu significado e a sua fonte espiritual, e do que a decisão sincera de realizar o seu significado de modo positivo e que sirva ao bem mais elevado do todo.

Os mantras funcionam de maneira melhor e mais rápida quando o praticante foi iniciado adequadamente por um professor competente.

A repetição diária de um mantra por, pelo menos 108 vezes, produz um efeito geral. Para haver um efeito específico, devemos mentalizar ou expressar um pedido positivo antes de cada sessão de trabalho com mantras.

Antes de iniciar a prática com um mantra, podemos invocar a divindade ou a Deusa correspondente para receber ajuda em geral ou em relação a um tema específico. A invocação intensifica o efeito do trabalho com o mantra como um vidro incandescente. No final de cada prática, devemos pedir uma benção e agradecer.

A repetição mínima de 108 vezes liberta poderes de cura espiritual especialmente fortes. A tradição espiritual indiana criou 108 nomes sagrados para a Força Criadora. 108 é também o número dos principais Nadis (canais de energia) que se originam nos chakras principais.

Por meio da prática regular - de preferência diária - de pelo menos 108 repetições de um mantra ou de um múltiplo desse número, tornamo-nos cada vez mais receptivos às mensagens, aos efeitos e aos poderes de cura do anjo ou da divindade que protege o respectivo mantra. Como consequência, esse ser luminoso pode fazer cada vez mais por nós, curando em todos os níveis e ajudando-nos a mudar o nosso padrão de vida de maneira construtiva. Ao mesmo tempo, o mantra também liberta directamente os processos de cura em nós, que promovem a saúde e o bem-estar e influenciam positivamente a psique.

Mas para que um mantra produza algum efeito, directo ou indirecto, é preciso antes criar uma ressonância básica. Isso faz-se pela repetição regular, como descrito acima, ou por uma iniciação correspondente que abre um canal para o ser de luz responsável pelo respectivo mantra.

Para obter um efeito preciso, devemos praticar um mantra 108 vezes, diariamente, durante pelo menos 40 dias. Um múltiplo de 108 repetições diárias intensifica muito o efeito. Quando repetimos um mantra 125.000 vezes por um período de aproximadamente 3 meses, muito vezes (mas não inevitavelmente) o resultado é uma espécie de salto quântico espiritual no nosso desenvolvimento. Além disso, com frequência, recebemos também a capacidade para iniciar outras pessoas no mantra.


Fonte: Walter Lübeck em O Grande Livro de Símbolos do Reiki


Comentários

Comentar

Avaliar

Produtos relacionados