Japamala de Pinho e Sândalo com Elefante Sagrado

  • Referência: JPP054
  • Disponibilidade: Em stock

/

  • 5,00€


Japamala pulseira de pinho e sândalo vermelho com pendente (elefante sagrado).

O uso regular traz inúmeros benefícios à saúde física, emocional e espiritual.


Estilo: 27 contas

Materiais: pinho natural, sândalo natural, acessórios metálicos (cor dourado)

Cordão: algodão elástico

Pendente: elefante sagrado

Diâmetro das contas: 8mm

Feito à mão


Pinho

Protecção e Prosperidade

Eleva o espírito. Acalma a mente. Favorece a paz interior, a calma e a tranquilidade. Incorpora a essência da resiliência e da determinação. Atrai a prosperidade e a boa fortuna. Ajuda a manter o rumo em momentos difíceis. Afasta influências negativas. Promove a alegria contínua. Ajuda a superar sentimentos de culpa, a ultrapassar dificuldades e a persistir contra as adversidades. Proporciona a sensação de energia renovada. Mostra que o caminho para o sucesso é a paz interior e a serenidade. Considerado a morada das fadas e dos gnomos, representa protecção e segurança. Funciona como amuleto para afastar magia negra, desgraças e doenças.

Propriedades curativas: ajuda em problemas do aparelho urinário, ajuda a aumentar a fertilidade, alivia distúrbios respiratórios, problemas de pele e dores reumáticas, alivia variações de humor, acalma o stress e a fadiga.


Sândalo

Relaxamento e Optimismo

Aumenta o poder de concentração na meditação e do que se deseja. Ajuda na conexão com o Divino. Protege.  Ajuda a desenvolver a clarividência. Serena a mente e abre o coração para o amor. Estimula a sensualidade. Invoca a tranquilidade. Ajuda a expandir a consciência. Desperta pensamentos divinos. Promove o profundo relaxamento aumentando a energia espiritual. Estimula o chakra raiz acreditando-se que aumenta a auto-confiança e o auto-conhecimento. Promove o entusiasmo e a auto-estima. Aumenta a positividade e optimismo afastando dúvidas, sentimentos de raiva, irritabilidade e melancolia.

Propriedades curativas: Fortalece o sistema imunitário, ajuda em várias doenças do sistema digestivo, inibe a depressão, ajuda a dormir melhor, alivia o stress.


Pendente:

Elefante Sagrado

O elefante é visto como um animal sagrado tanto no hinduísmo como no budismo. Representa a beleza, o poder, a dignidade, a inteligência e a paz, e, como símbolo, é considerado um amuleto de boa sorte e boa fortuna.

É adorado, não directamente, mas indirectamente pelas suas qualidades que as pessoas almejam alcançar. É extremamente forte e poderoso, tem uma natureza firme sobre ele, assim que se estabelece num caminho é imparável, é silencioso, ouve muito mais do que o que comunica, é um gigante gentil, podia ser facilmente destrutivo, mas não faz parte da sua natureza, podia dominar, mas prefere ser pacífico e tranquilo.

No hinduísmo, os deuses são a personificação desses atributos, tal como Ganesha, o deus removedor de obstáculos. No budismo, é sinónimo de presságio divino. Conta a lenda que a mãe de Buda sonhou com um elefante branco que entrou no seu útero quando esta estava grávida.

Utilizado em diversos rituais budistas, e não só, na Ásia, é frequente fazerem-se oferendas para receber bençãos de sorte, longevidade, boa saúde e força.

Como peças de decoração ou tapetes, o elefante tem uma função de protecção contra o azar. Em paredes, (panos, quadros, etc), o elefante afasta a negatividade e convida somente o bem a entrar no espaço. Utilizado em bijuteria, funciona como um lembrete para permanecer forte, manter a paz e atrair a sorte.



O que é um japamala?

Um japamala é um colar ou pulseira de contas que serve como instrumento de meditação e recitação de mantras.

É uma palavra do idioma sânscrito em que Japa significa repetição e Mala colar ou cordão de contas.

Provém da Índia e a sua utilização teve origem no Budismo e no Hinduísmo, tendo ficado conhecido globalmente como terço budista ou simplesmente terço espiritual.

Com uma poderosa simbologia, o japamala é constituído por 108 contas, ou divisões deste número, que representam os 108 nomes sagrados da Força Criadora, mas também os 108 principais Nadis (canais de energia).

Pode ser encontrado em 4 estilos: 108, tibetano, zen e mantra cujas diferenças se encontram nas divisões e disposição das contas.

O início/fim do Japamala é marcado por uma conta distinta, de nome Meru ou Guru, de onde pode sair um pendão (Tassel), um símbolo sagrado, uma figura divina ou uma combinação de vários destes elementos.

Tradicionalmente são constituídos por materiais naturais como madeiras, pedras e sementes que contêm inúmeras propriedades terapêuticas que oferecem diversos benefícios à saúde física, emocional, mental e espiritual, o que faz com que seja um objecto muito apreciado e utilizado por todo o mundo e por qualquer pessoa.

Embalagem
Contém instruções de uso do Japamala
Contém saco de protecção (quando o Japamala não está em uso)

Faça login ou registe-se para poder comentar e avaliar.