Colar Boho com Hamsá

  • Referência: CB001
  • Disponibilidade: Em stock

/

  • 5,00€


Colar curto tipo gargantilha com pendente hamsá.


Pendente: hamsá em metal (cor prateado)

Tamanho do pendente: aprox. 5cm

Cordão: cortiça com acessórios de metal prateado

Comprimento do cordão (aberto): 46cm


Hamsá

Antigo símbolo que traz felicidade, sorte, saúde e prosperidade a quem o utiliza.

O nome Hamsá significa literalmente 5 dedos e surge em 2 formas, igual a uma mão ou com os dois polegares simétricos. A primeira aparição deste símbolo remonta à antiga Mesopotâmia, de onde partiu para o Egipto para representar Osiris e Isis e, posteriormente, espalhou-se por diversas religiões por todo o mundo. No Budismo e Hinduísmo, simboliza a interligação dos chakras, o fluxo de energia no corpo, os cinco sentidos e os mudras que os afectam.

Muito apreciada no Médio Oriente, a hamsá é utilizada como um amuleto. Embora o Alcorão vete o uso de amuletos, a hamsá é facilmente encontrada por seguidores do Islamismo. Para os muçulmanos, a hamsá é também conhecida como a Mão de Fátima, a filha preferida de Maomé, e representa os 5 pilares do Islão.

Também popular entre os judeus, a hamsá é conhecida como a Mão de Miriam, irmã de Moisés e Araão e simboliza o Torá que é composto por 5 livros.

É frequente encontrar-se a hamsá com um olho no centro (Olho do Mal, Olho Gordo ou até mesmo símbolos como o Olho Turco). Este poderoso amuleto funciona como um escudo de protecção contra energias negativas e afasta o mau-olhado e a inveja. O Olho Turco (Nazar ou Olho Grego), geralmente de cor azul e de forma arredondada, surgiu na Turquia para protecção contra o mau-olhado. Os turcos acreditam que todas as energias são dirigidas ao amuleto e não atingirão a pessoa que o está a usar. De acordo com a lenda, uma mulher deu à luz uma criança saudável e que os vizinhos depressa se apressaram a visitar o recém-nascido para o elogiar. Semanas mais tarde a criança adoeceu sem qualquer explicação. Segundo os turcos, isso é a força do mau-olhado. Por isso, as mães turcas colocam um pequeno amuleto nos seus bebés para os proteger. Se partir ou rachar, significa que cumpriu a sua função de protecção e deverá ser substituído por um novo.

Faça login ou registe-se para poder comentar e avaliar.